sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

PALAVRA DE DEUS COM JÚLIO FALCÃO - EU SOU CIDADÃO DOS CÉUS!



A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente um Salvador, o Senhor Jesus Cristo.
Pelo poder que o capacita a colocar todas as coisas debaixo do seu domínio, ele transformará os nossos corpos humilhados, para serem semelhantes ao seu corpo glorioso.

Filipenses 3:20,21


Quando você visita um país, uma das primeiras coisas que terá de fazer é apresentar-se ao departamento de imigração, e ali, munido do seu passaporte você será rapidamente identificado e saberão qual é a sua nacionalidade, de onde você veio e para onde você vai.

Não é deste tipo de nacionalidade que o apóstolo Paulo está se referindo, na verdade ele está se referindo ao local de origem de todo Cristão, e esse local tão maravilho está nos céus.

Ele fala de alguém que tem poder para dominar todas as coisas, esse alguém é Cristo Jesus, o mesmo que um dia disse em João 14:2,3:
Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.
E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.
João 14:2,3

O desejo de Cristo Jesus é que você vá um dia morar em uma destas moradas que ele foi nos preparar, marada essa que teve alto preço, sim, nem o mais caro imóvel do mundo, no lugar mais valorizado do planeta pode paga-la, simplesmente porque ela já foi paga com preço do sangue inocente do Cordeiro Jesus.

Como então fazer para ter o meu passaporte espiritual carimbado como cidadão dos céus?

A resposta é simples;
Creia no Senhor Jesus e será salvo tu e a tua casa.

Só ele é o Caminho...

Ele é a única Porta...

Ele é a Videira Verdadeira...

Ele é o Bom Pastor e todos os que estão cansados e sobrecarregados podem procura-lo e Ele trocará o fardo peso por um leve.

Somente Jesus poderá transformar você em um corpo glorioso, portanto, espere por ELE com toda intensidade do seu coração e com toda fé, pois, breve as trombetas soaram, e este será o sinal para o embarque que o tornará cidadão dos céus.

Creia em Deus e em Cristo Jesus, adores somente a eles e terás um dia um corpo de glorioso e uma morada celestial.

Que a paz a graça e a misericórdia de Cristo Jesus estejam com você e com todos de sua família!

CLIQUE PARA OUVIR!



quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

PALAVRA DE DEUS COM JÚLIO FALCÃO - A MARAVILHOSA PRESENÇA DE DEUS!


Então Moisés lhe declarou: "Se não fores conosco não nos envies.
Como se saberá que eu e o teu povo podemos contar com o teu favor, se não nos acompanhares? Que mais poderá distinguir a mim e a teu povo de todos os demais povos da face da terra? "
O Senhor disse a Moisés: "Farei o que me pede, porque tenho me agradado de você e o conheço pelo nome".

Êxodo 33:15-17


Deus se aborrece de tal forma com o povo que ele havia tirado da escravidão do Egito, que não quis mais seguir com eles adiante.

O que será que levou a Deus tomar essa atitude?

Porque Deus não quis mais acompanhar aquele povo até a terra que ele mesmo prometeu?

As respostas estão desde a saída daquela gente até o presente momento em que Moisés falara com Deus.

Eles se esqueciam facilmente dos livramentos e das provisões de Deus nas vidas deles e logo começavam a murmurarem.

Se algo não ia bem, pronto, já era motivo para ter saudade do passado de escravidão ou até mesmo desejarem outros deuses.

E foi exatamente isso que ocorreu, Moisés deixa aquela gente reunida e vai falar com Deus no monte, quando volta o que encontra sangra seu coração e o coração de Deus, um povo ingrato e que tinha substituído Deus por deuses estranhos.

E quantos nos dias de hoje não estão fazendo a mesma coisas, trocando o Deus vivo por deuses estranhos... trocando Deus pela novela, pelas redes sociais, vícios... enfim, vários são os deuses estranhos que hoje podem te afastar de Deus e aquele povo fez isso, entristeceu o coração amoroso de Deus.

Só que Moisés era diferente, enquanto a multidão murmurava ele adorava e orava, e quando assim fazemos temos credito quando formos falar com Deus.
Moisés muda a sentença de Deus ao dizer que sem a presença Dele, não sairia dali com aquele povo.

E Deus acaba voltando atrás e seguindo por causa do pedido de um homem que não adorava outro deus a não ser o Todo-Poderoso, Criador de todas as coisas.
Faça como Moisés, não abra mão da presença de Deus onde quer que você vá, pois, sem essa doce presença caminharemos sem rumo certo.

Que a paz a graça e a misericórdia de Cristo Jesus estejam com você e com todos de sua família!


PALAVRA DE DEUS COM JÚLIO FALCÃO -  NÃO SEI VIVER SEM TUA PRESENÇA DEUS!

CLIQUE PARA OUVIR!

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

PALAVRA DE DEUS COM JÚLIO FALCÃO - ENTERRANDO O "EU NÃO CONSIGO"



Tudo posso naquele que me fortalece.

Filipenses 4:13


Essa é uma frase forte que o Apostolo Paulo disse ao encerrar sua carta aos irmãos da igreja de Filipos e que muitos usam hoje sem verdadeiramente a coloca-la em pratica.

Quando ele disse; posso todas as coisas naquele que me fortalece, estava afirmando toda sua confiança em Deus e que está confiança o fez realizar grandes feitos.

Paulo não focava na frase “eu não consigo”, pois, tinha plena convicção que Deus o capacitava para qualquer desafio.

Deixa eu ilustrar melhor com uma lição dada pela professora Donna de Michigan, Estados Unidos:

Um certo homem era supervisor e incentivador dos treinamentos que eram realizados naquela escola primária e um dia viveu uma experiência muito instrutiva, conforme ele mesmo narrou:

Tomei um lugar vazio no fundo da sala e assisti. Todos os alunos estavam trabalhando numa tarefa, preenchendo uma folha de caderno com ideias e pensamentos. Uma aluna de dez anos, mais próxima de mim, estava enchendo a folha de "não consigo".

"Não consigo chutar a bola de futebol além da segunda base."

"Não consigo fazer divisões longas com mais de três números."

"Não consigo fazer com que a Debbie goste de mim."

Caminhei pela sala e notei que todos estavam escrevendo o que não conseguiam fazer.

"Não consigo fazer dez flexões."

"Não consigo comer um biscoito só."

A esta altura, a atividade despertara minha curiosidade, e decidi verificar com a professora o que estava acontecendo e percebi que ela também estava ocupada escrevendo uma lista de "não consigo".

Frustrado em meus esforços em determinar porque os alunos estavam trabalhando com negativas, em vez de escrever frases positivas, voltei para o meu lugar e continuei minhas observações.

Os estudantes escreveram por mais dez minutos. A maioria encheu sua página.

Alguns começaram outra.

Depois de algum tempo os alunos foram instruídos a dobrar as folhas ao meio e colocá-las numa caixa de sapatos, vazia, que estava sobre a mesa da professora.

Quando todos os alunos haviam colocado as folhas na caixa, Donna, a professora, acrescentou as suas, tampou a caixa, colocou-a embaixo do braço e saiu pela porta do corredor. Os alunos a seguiram. E eu segui os alunos.

Logo à frente a professora entrou na sala do zelador e saiu com uma pá.

Depois seguiu para o pátio da escola, conduzindo os alunos até o canto mais distante do playground. Ali começaram a cavar.

Iam enterrar seus "não consigo"! Quando a escavação terminou, a caixa de "não consigo" foi depositada no fundo e rapidamente coberta com terra.

Trinta e uma crianças de dez e onze anos permaneceram de pé, em torno da sepultura recém cavada.

Donna então proferiu louvores.

"Amigos, estamos hoje aqui reunidos para honrar a memória do ´não consigo´.

Enquanto esteve conosco aqui na Terra, ele tocou as vidas de todos nós, de alguns mais do que de outros.

Seu nome, infelizmente, foi mencionado em cada instituição pública - escolas, prefeituras, assembleias legislativas e até mesmo na casa branca.

Providenciamos um local para o seu descanso final e uma lápide que contém seu epitáfio. Ele vive na memória de seus irmãos e irmãs ´eu consigo´, ´eu vou´ e ´eu vou imediatamente´.

Que ´não consigo´ possa descansar em paz e que todos os presentes possam retomar suas vidas e ir em frente na sua ausência. Amém."

Ao escutar as orações entendi que aqueles alunos jamais esqueceriam a lição.

A atividade era simbólica: uma metáfora da vida. O "não consigo" estava enterrado para sempre.

Logo após, a sábia professora encaminhou os alunos de volta à classe e promoveu uma festa.

Como parte da celebração, Donna recortou uma grande lápide de papelão e escreveu as palavras "não consigo" no topo, "descanse em paz" no centro, e a data embaixo.

A lápide de papel ficou pendurada na sala de aula de Donna durante o resto do ano.

Nas raras ocasiões em que um aluno se esquecia e dizia "não consigo", Donna simplesmente apontava o cartaz descanse em paz. O aluno então se lembrava que "não consigo" estava morto e reformulava a frase.

Eu não era aluno de Donna. Ela era minha aluna. Ainda assim, naquele dia aprendi uma lição duradoura com ela.

Agora, anos depois, sempre que ouço a frase "não consigo", vejo imagens daquele funeral da quarta série. Como os alunos, eu também me lembro de que "não consigo" está morto.

A bíblia diz que todas as coisas são possíveis ao que crer, então, creia em Deus e não limite o agir dele em sua vida, creia também em seu potencial, pois, Deus te fez mais do que vencedor em Cristo Jesus!

Com fé você alcançará todos os seus objetivos.

Que a paz a graça e a misericórdia Cristo Jesus estejam com você e com todos de sua família!

CLIQUE PARA OUVIR!

sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

PALAVRA DE DEUS COM JÚLIO FALCÃO - DEUS TE ESCOLHEU!


E, como Gideão veio ao Jordão, passou com os trezentos homens que com ele estavam, já cansados, mas ainda perseguindo.

Juízes 8:4

Deus se agradou de Gideão, todo o povo estava com medo dos midianitas, pois, tudo que plantavam esses inimigos vinham e saqueavam, e por causa disso muitos se retraíram.

Só que Gideão encontrou um jeito para malhar o trigo sem que os midianitas o encontrasse, ele não deixou o medo o paralisar e então, leva o trigo para um lugar que era usado para amassar as uvas, um lagar!

E Deus se agradou desse gesto de coragem e capacitou-o para ser um vencedor.

Quando ele se depara com o rio Jordão juntamente com os trezentos homens que Deus colocou como seus auxiliares, já estavam cansados e com fome, porém, continuaram perseguindo seus objetivos.

Gideão lá no início dessa história falou para o anjo de Deus que era fraco e incapaz para assumir aquela missão, mas, Deus derramou sobre ele a unção de vencedor.

Talvez hoje você se encontre numa situação semelhante a essa, o inimigo tem tomado tudo aquilo que você outrora plantou... sua saúde, suas finanças, sua família e quem sabe até a sua comunhão com Deus ele está tirando. Não desanime como Gideão não desanimou, não desista, siga em frente rumo aos seus objetivos.

E se quem comanda sua vida é o Senhor dos Exércitos, então fique tranquilo, porque Ele sempre dá sabedoria e estratégias aos que nele confiam.

O Deus Todo-Poderoso derramará sobre sua vida uma unção de conquista, mas, não seja tímido, seja forte e corajoso!

Que a paz a graça e a misericórdia de Cristo Jesus estejam com você e com todos de sua família! 


CLIQUE PARA OUVIR!