quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Pão Diário - Fé não fingida!

(2Timóteo 1:05)
5 Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Lóide e em sua mãe Eunice, e estou convencido de que também habita em você.


Quando o aposto Paulo escreveu essas palavras a Timóteo ele citou a fé da avó e da mãe de seu discípulo como uma fé não fingida.

Mas o que seria uma fé não fingida?

A fé de Abrão, por exemplo, era uma fé não fingida, Deus o mandou subir ao monte Moriá e ali sacrificar seu filho Isaac, Abraão foi ao monte convicto de quê na hora certa Deus iria prover.

A fé da mulher do fluxo de sangue também foi uma fé não fingida, ela acreditou que tão somente tocasse na orla do manto de Jesus seria curada, ela acreditou, tocou e foi curada.

Poderia citar para você vários personagens bíblicos que tinham fé não fingida, ou seja, uma fé verdadeira no Deus de nossas vidas.

As vezes muitos de nós falamos que confiamos e acreditamos em Deus, mas, no primeiro dente que dói, na primeira dificuldade ficamos desesperados.

A fé não fingida que Paulo mencionou é aquela que mesmo quando todos digam que não dará certo, você diga; “sim, já deu certo, porque eu creio no Deus de promessas!”.

Se você observar bem, quando algo dá errado em sua vida, logo vários outros problemas começam a aparecer, e eu tenho certeza absoluta de que isso já aconteceu na sua vida.

Mas o diferencial de quem tem uma fé verdadeira e não fingida é que ele sabe que isso é temporário e que logo o Eterno de nossas vidas dará a recompensa. Jó enfrentou todos tipo de provações, mas, manteve sua fé firme em Deus e no final teve recompensa dobrada.

Mantenha a fé verdadeira em Deus, Ele está vendo sua luta, sabe das suas dores e irá recompensar sua fé não fingida.


Que a paz a graça e a misericórdia de Cristo Jesus estejam com você e todos de sua família!   



0 comentários:

Postar um comentário