segunda-feira, 30 de maio de 2016

PÃO DIÁRIO - NÃO A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER!


Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo. (Efésios 5:25-28)

A casa deveria se o lugar mais seguro para a mulher, mas, infelizmente não é isso que nos mostram as estatísticas.
48% das mulheres agredidas declaram que a violência aconteceu em sua própria residência; no caso dos homens, apenas 14%.

3 em cada 5 mulheres jovens já sofreram violência em relacionamentos.

56% dos homens admitem que já cometeram alguma dessas formas de agressão: xingou, empurrou, agrediu com palavras, deu tapa, deu soco, impediu de sair de casa, obrigou a fazer sexo..

77% das mulheres que relatam viver em situação de violência sofrem agressões semanal ou diariamente. Em mais de 80% dos casos, a violência foi cometida por homens com quem as vítimas têm ou tiveram algum vínculo afetivo: atuais ou ex-companheiros, cônjuges, namorados ou amantes das vítimas. E os números não param de aumentar.

O apóstolo Paulo em sua carta aos efésios compara a esposa a igreja, e que nós maridos devemos amar nossas esposas como nosso próprio corpo e lá em Marcos 10:8-9 Jesus faz a referência que marido e mulher serão uma só carne, ou seja, um só corpo;

 8E serão os dois uma só carne e, assim,  não serão dois, mas uma só carne. 9Portanto, o que Deus ajuntou, não separe o homem.




Meu querido, se você trata com violência aquela que Deus lhe deu como companheira e pensa que viverá eternamente impune você se engana, existe a leis dos homens (Lei 11.340 Maria da Penha), e uma lei que nunca falha, a Lei da Semeadura, aquilo que você planta é o que colherá, Deus cobrará de você.

E lembre-se, lar é lugar de segurança e paz, se você não tem vivido isso em sua casa algo está totalmente errado. Clame a Deus pedindo proteção e estratégia para denunciar tais agressões.


Matrimonio é algo tão sagrado que o primeiro milagre de Jesus foi em um casamento em Canná da Galileia, valorize o seu, esposos respeitem e tratem com carinho suas esposas e não façam parte dessa estática de violência verbal e física.

Que a paz a graça e misericórdia de Cristo Jesus estejam com voce e com todos de sua família!


0 comentários:

Postar um comentário