quarta-feira, 10 de agosto de 2016

PÃO DIÁRIO - SEJA CUMPRIDOR DA PALAVRA, VIVA A PALAVRA!


E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.
Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;
Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era.
Tiago 1:22-24

Vivemos tempos já outrora anunciados na bíblia, tempo em que o interesse pela a palavra está se esfriando e tempo de vários enganadores usando a palavra de Deus por interesses pessoais.
Temos que ouvir a palavra e ao mesmo tempo viver a palavra de Deus.

Quem está sempre meditando nas sagradas escrituras e vivendo nas leis de Cristo Jesus, nunca cairá em fabulas de falsos profetas.

Quem vive a palavra nunca esquece dela!

E hoje infelizmente como pregador da palavra de Deus o que eu tenho mais visto são pessoas distorcendo o evangelho, pregando só prosperidade e com isso arrastando uma multidão de fiéis cegos, são cegos guiando cegos.

Outros fazem das cerimonias religiosas verdadeiros espetáculos, contam histórias, contam piadas e se esquecem do principal que é guiar as ovelhas até a salvação e isso se dá pregando o evangelho simples e verdadeiro que Cristo pregava.

Para viver e cumprir a palavra é preciso meditar nela, porque se você só ouvir, logo se esquecerá. Em Mateus 24:24 Paulo nos alertou a muitos anos atrás:

 Mateus 24:24 -  Pois se levantarão falsos cristos e falsos profetas e apresentarão grandes milagres e prodígios para, se possível, iludir até mesmo os eleitos.

Portanto meu querido, fique atento. Eu não quero aqui induzir a você duvidar de milagres e prosperidade não, o que eu quero é que você se aprofunde mais na bíblia para não cair em fabulas e shows religiosos em vez do verdadeiro evangelho que Cristo e seus antepassados pregaram.

A maior riqueza, o maior milagre é a sua salvação, não se esqueça disso!


Que a paz a graça e misericórdia de Cristo Jesus estejam com você e com todos de sua família!

0 comentários:

Postar um comentário