PALAVRA DE DEUS COM JÚLIO FALCÃO - O CUIDADO COM AS PALAVRAS!

00:00:00 Devocional Palavra de Deus 0 Comments




De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.
Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

Tiago 3:10,11


Já observou que tem pessoas que parece que sentem prazer em magoar o próximo?
Se você chega para contar a ela uma benção de Deus em sua vida, por exemplo; você comprou um belo carro, aliás, o carro dos seus e ela olha para você com uma cara de poucos amigos e diz:
Você só pode está doido, como é que manterá um carro desses, o combustível está muito caro e você nunca dará conta de pagar o imposto dele!
São pessoas amargas, que não enxergam o lado positivo e sim, o negativo das coisas, deixa eu ilustrar melhor esse tipo de gente com uma história:

Quando Paulo era mais jovem, por causa de seu caráter impulsivo, tinha raiva e na menor provocação, explodia magoando meus amigos.
Na maioria das vezes, depois de um desses incidentes ele se sentia envergonhado e se esforçava em consolar a quem tinha magoado.
Um dia, seu professor o viu pedindo desculpas depois de uma explosão de raiva, e me entregou uma folha de papel lisa dizendo:
- Amasse-a!
Com medo, ele obedeceu e fez com aquela folha de papel uma bolinha.
- Agora 
-Voltou a dizer-lhe
- Deixe-a como estava antes.
É obvio que ele não pôde deixá-la como antes. 
Por mais que ele tentou, o papel ficou cheio de pregas. 
Então, disse-lhe o professor:
- O coração das pessoas é como esse papel...a impressão que neles deixamos será tão difícil de apagar como esses amassados...
Assim Paulo aprendeu a usar melhor as palavras, ser mais compreensivo e mais paciente. 
E toda vez que ele sente vontade de estourar, lembra-se do papel amassado.
A impressão que deixamos nas pessoas é impossível de apagar. Quando magoamos com nossas ações ou com nossas palavras, logo queremos consertar o erro, mas muitas vezes é tarde demais. Alguém disse, certa vez:
"Fale quando tuas palavras sejam tão suaves como o silêncio"

(Autor desconheço)

Melhor do que ficar pedindo desculpas por ferir as pessoas com palavras ou gestos é orar a Deus e pedir que o Espírito Santo venha controlar as palavras que saem de sua boca, pois, como diz Tiago 3, não se pode da mesma fonte jorrar água doce e amargosa.
Escolha muito bem aquilo vai jorrar de sua boca, pois, ela pode ser tanto uma fonte para vida ou para a destruição de alguém!

Que a paz a graça e a misericórdia de Cristo Jesus estejam com você e com todos de sua família!  


PARA OUVIR OU BAIXAR O DEVOCIONAL EM ÁUDIO, CLIQUE AQUI!

0 comentários: